Jordão

image

Nossa história

José Annunciato Jordão, era o nome dele. Nascido em Bragança, terra do pai que era de família portuguesa, foi criado em Itapira, terra da mãe, de família italiana.

Seja bem-vindo ao Jordão, o melhor lugar para um bom papo à beira do copo.

A infância do Jordão foi característica de quem foi criado na “roça”. Muito trabalho, brincadeiras e por ser muito falante, as pessoas paravam para vê-lo falar. Daquela vida, o que ele mais gostava era de brincar e bem cedinho ajudar a tirar o leite das vacas. Ele ordenhava o leite diretamente no copo, que com açúcar até o meio, servia para se divertir e beber aquele líquido que deveria ter milimetricamente três “dedinhos dos seus” de espuma. Era a medida certa.

Os anos passaram e sua família veio para São Paulo. Aqui, Jordão estudou, e para que isso fosse possível, seus pais trabalhavam em tecelagens.

Os estudos foram o suficiente para que ele se aprimorasse numa das atividades que mais gostava de praticar, o bom papo.

Seu primeiro trabalho foi em um bar, tipo “boteco” e como não sabia fazer nada, fazia tudo. Em um belo dia o patrão lhe pediu para ajudar no movimento tirando chopp. Como não tinha referência, lembrou daquela infância distante e a espuma com exatos três “dedinhos” do leite ordenhado veio em sua lembrança. Assim, passou a usar a mesma característica como sua marca registrada para extrair o

melhor chopp. Deste momento pra frente, Jordão nunca mais abandonou a chopeira. Diz a lenda, que ele passou pelos melhores endereços de São Paulo e por onde ele estivesse trabalhando, carregava uma legião de clientes/amigos, que tinham nele a figura do bom papo, do amigo e do profissional que fazia questão de preservar a tradição do atendimento impecável, da cortesia, do ambiente familiar, amigo e sempre com sua marca registrada. O chopp maravilhoso, magistralmente bem tirado e com os seus “três dedinhos”.

Muitas outras histórias sobre o Jordão já foram contadas. Uns dizem que ele morou no Tatuapé, que os pais trabalharam no “Santista”, que ele nas horas vagas adorava um “footing” na Avenida Celso Garcia (os meninos andavam de um lado da rua e as moças do outro e desses encontros, nasceram muitos casamentos). Nunca saberemos se tudo isso é história ou estória, mas de uma coisa temos certeza, São Paulo há muito merecia um bar inspirado numa história como essa. Um lugar que respeite esses valores. Que resgate o chopp bem tirado, o barman e seus drinks cuidadosamente elaborados, um cardápio criativo e diferenciado em um ambiente agradável, com tudo para uma boa conversa.

Como Chegar Rua Apucarana, 1452 Jd. Anália Franco
Telefone 11 2671.0670
Funcionamento: Segundas e Terças (17h às 23h) Quartas e Quintas (17 às 00h) Sextas-feiras (16h às 01h) Sábados (12h às 01h) Domingos (12h às 23h)
  • image
  • image
  • image